The best bookmaker bet365

Дървен материал от www.emsien3.com

Out24

Em Israel, Angélica disputa Liga dos Campeões e defendem título nacional

Categories // Novidades

Com o fim do projeto em Araraquara, a levantadora Marcela Correa, a Marcelinha, aceitou viver uma experiência inédita na carreira: defender um time em Israel. O país tem uma liga emergente e Marcelinha defende o atual campeão nacional, o Hapoel Kfar Saba.

 

Depois de aceitar o desafio, Marcelinha garante que só tem coisas boas para falar do país e de seu time:

 

“A adaptação foi boa, o clima é bem tranquilo de se adaptar, onde eu moro não faz muito frio, tem praia, enfim, eu adorei o país, a cidade, os dirigentes do clube, as meninas, muitas jogam no clube desde novinhas e outras já jogam há bastante tempo, então a base do time é bem legal. Fui muito bem recebida, as pessoas muito prestativas” – disse a levantadora.

 

 

 

Essa é a segunda temporada da brasileira em Israel. Na primeira, foi campeã nacional com o Kfar Saba:

 

” Foi um ano maravilhoso,  jogamos a CEV Cup e fomos campeãs da superliga, o que nos deu direito a jogar a tão sonhada Champions, o que para a cidade e para o clube está sendo algo histórico, por ser a primeira vez que eles disputam o campeonato mais importante da Europa” – contou Marcelinha.

 

De fato, é a primeira vez na história que o time israelense joga a Champions. Mas por falta de sorte do KfSa, o adversário era um dos maiores times da Polônia, o SkyRes Reszow. As polonesas venceram por 3×1 e 3×0 e eliminaram o time israelense.

 

Mas a brasileira não se abate! Prova disso é que Marcela já garantiu sua permanência, também para a próxima temporada:

 

“Com o final da superliga ano passado eu renovei meu contrato por mais dois anos. A liga de lsrael com certeza não é tão forte quanto a do Brasil, mas tem três ou quatro times fortes que brigam pelo título todo ano. E jogamos o europeu também o que da uma rodagem e visibilidade para todo mundo” – completou.

 

Nesta temporada, Marcela ainda ganhou uma companheira do Brasil. A ponteira Angélica Correa defende o time ao lado da brasileira. Em sua primeira experiência internacional, Angélica também vem aprovando o convívio em Israel:

 

Nossos próximos desafios serão jogar a Cev, onde terá alguns times bons, da França, Suíça … e vamos jogar o campeonato regional de Israel, que começa dia 25 agora! para a cidade é muito importante esses títulos e vamos na busca.

 

“Estou gostando muito da experiência, me adaptei muito bem, em relação à comida, fuso horário, treinamentos, só a parte da comunicação, no começo, era complicada, mas a Marcela me ajudou muito, hoje já está sendo tranquilo.

 

A jogadora contou ainda que trocou de posição. Inicialmente contratada como oposto, Angélica está atuando como ponteira passadora para ajudar o KsFa

 

“Eu fui contratada como oposto, mas estou ajudando meu time jogando na ponta, é sempre bem vinda uma nova experiência e um novo desafio. Estou gostando muito da minha nova equipe, me receberam super bem, me sinto em casa” – finalizou Angélica.

 

MDV Press

Comentários (0)

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante.

Online bookmaker Romenia betwin365.webs.com